Make your own free website on Tripod.com

 

Iom Hazikaron

 

Iom Hazikaron

O dia 4 de Iyar, véspera do Dia da Independência, foi definido pelo Governo de Israel, como o Dia de Recordação aos caídos nas batalhas para o estabelecimento do Estado de Israel em sua terra em sua pátria, na Guerra da Independência e nas que a seguiram.

De acordo com a Lei, na noite do dia 4 de Iyar todos os locais de entretenimento do país ficam fechados. As bandeiras são abaixadas em todos os lugares públicos a meia haste, velas de recordação são acesas em todos os edifícios públicos e sinagogas, as pessoas se reúnem nos cemitérios militares, e são realizados atos de recordação públicos. O ato de abertura deste dia se realiza no Muro das Lamentações. Na oração de Shacharit, muitas sinagogas agregam uma oração especial por esta Recordação.

Antes do meio dia, se escuta em todo país um toque de sirene de dois minutos, e todos os habitantes de Israel para suas atividades e permanecem em pé, em silêncio.

Ao término de Iom HaZikaron, iniciam-se as comemorações de Iom HaAtzmaut.

O dia 4 de Iyar recorda a todos os caídos em todas as guerras que Israel teve que suportar com seus vizinhos árabes. Sempre em minoria, enfrentando exércitos grandes e numerosos, Israel lutou a Guerra da Independência (1948), do Sinai (1956), dos Seis Dias (1967), de Iom Kipur (1973), Operação Paz na Galiléia (1982), Intifada (1987), Guerra do Golfo (1991) e Intifada de Al Aksa (2000-2002).

Iom Haatzmaut

 

No dia 5 de Iyar é Yom Haatzmaut (Dia da Independência), aniversário da Proclamação do Estabelecimento do Estado de Israel, em 14 de maio de 1948. Esta é uma celebração nova; muitos cidadãos israelenses participaram ativa e pessoalmente dos acontecimentos que levaram à criação do novo Estado e testemunharam as enormes mudanças ocorridas no país desde 1948.

Após o cair da noite, na véspera do Yom Haatzmaut, as prefeituras costumam promover celebrações públicas, com música popular, e a população, vai ao centro da cidade para participar do espírito festivo.

No dia do Yom Haatzmaut multidões saem a passear pelo país, visitando os locais onde ocorreram as batalhas da Guerra da Independência e os monumentos em memórias aos soldados caídos. Em geral, passam o dia ao ar-livre, em piqueniques e churrascos.